Do último post...

Em relação ao que falei no último post, em "fugir para tentar ser feliz noutro poiso"...Infelizmente tenho a minha vida para o resto dos meus dias encrencada , graças a um desgraçado que infelizmente é o pai do meu filho! Isto tudo porque o tribunal decidiu que um vigarista  que para além de ter a possibilidade de passar o fim de semana com o filho de 15 em 15 dias, também acha que ele "merece" todas as 4ªs feiras estar com o filho das 15h as 19h! Ou seja, mais uma vitória dele!!! Conseguir controlar a minha vida, e posto isto, apesar de todas as entregas e recolhas serem feitas na esquadra da policia da "minha residência", no entanto, o emplastro continua a querer controlar a minha vida, as perseguições continuam, as ameaças continuam (ameaçou-me que iria me tirar o poder paternal do meu filho e também me ameaçou que se eu arranjasse alguém iria fazer das dele - entenda-se entre-linhas), continua a fazer-me chamadas telefónicas, tocar à campainha da minha casa (dos meus pais).

Mas será que não há ninguém que faça parar esta besta??????
Já fiz 2 pedidos ao tribunal para ele não se aproximar de mim - pedido de coação. O 1º que pedi já lá vão 5 meses, e , até agora nada!!!

Depois aparece-me pela frente, aquelas notícias maravilhosas, em que ex-companheiro mata ex-companheira! Ou então ex-namorado simula rapto de ex-namorada e mata-a!!!!

Realmente, faz-me muita espécie a definição de justiça neste país!
Acho mesmo que estão à espera que pior aconteça, eu já espero tudo, tudo mesmo!

Visto que mesmo que eu queira endireitar a minha vida não posso, porque um monstro destes NÃO DEIXA!!!!

Comentários

  1. Inês, isso de ele querer controlar a tua vida deve de ser mais ou menos geral nos homens... o pai dos meus telefona aos filhos todos os dias em horários completamente distintos... e sempre que eles atendem faz-lhes um inquerito que deixaria muito policial de boca aberta do genero "onde foram", "com quem estiveram", etc etc etc... depois nunca vem na hora marcada... vem sempre antes...entre outras coisas... eu bem tento não ligar mas fico-me a remoer por dentro... mas enfim, adiante adiante!!!
    Beijinhos e coragem... força e sempre a olhar em frente!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria, desde já quero agradecer-te toda a força que me tens dado, tens sido incansável! Mais uma vez muito obrigada pela tua força, acho que se fôssemos vizinhas, com certeza que seríamos grandes amigas!;)
      Quanto ao que afirmaste, o pai do meu filho, as poucas vezes que fala com o filho ao telefone(porque cada vez que me telefona é só para me chatear a cabeça, com conversas de tanga, do és tudo para mim, coiso e tal), com 2 anos, também lhe faz um interrogatório completo de onde andou, de onde anda, com quem anda, tal e qual como o interrogatório de que me falaste, e faço e ideia o interrogatório que lhe faz quando está com ele!!!
      Quanto às horas de ir buscar e entregar o filho, ele não se pode esticar muito pois é tudo realizada na esquadra da polícia e é tudo registado! É a minha "sorte"! E mesmo assim na presença do filho, faz-me provocações para ver se ganhas pontos à frente da policia, mas o azar dele é que nunca cedo às suas provocações e viro-lhe sempre as costas, mas as perseguições e ameaças são constantes percebes?
      Beijinhos muito grandes

      Eliminar
  2. Tens desafio lá no meu cantinho. Para ajudar a levantar essa moral...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Não te podes esquecer que o teu filho tem mãe e pai.
    Com certeza que não queres um pai só para pagar pensão, o teu filho tem direito a ter um pai. Gostarias que te tivessem privado de estares com o teu pai?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso mesmo!!! Apesar de não pagar a pensão de ALIMENTOS do filho, de não ajudar o meu filho a alimentar-se....mesmo assim eu nunca o privei nem privo de o meu filho estar com o pai??? Não sei se me faço entender!!!!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares