quinta-feira, 5 de março de 2015

3 anos....

Faz hoje 3 anos que decidi ser uma mulher livre!!!!

Faz hoje 3 anos que tive coragem de largar tudo e tornar-me uma mulher forte e decidida, sem olhar para trás, de fazer com que a minha vida tivesse sentido, que pudesse ser feliz sem ser maltratada, sem ser dominada, independentemente do que viria a acontecer!!!!

E...não me arrependo nem um bocadinho!!!!

Passei por momentos muito maus, mas nunca desisti!!! Consegui fazer justiça e ir até ao fim, por mais fragilizada que tivesse!!!
Se não fizesse, provavelmente a esta hora não estaria aqui e seria mais um número para a estatística!!!

Hoje, sou uma pessoa bem mais feliz, bem mais descansada, sem medo de nada! Aproveitando todos os momentos como se fossem os últimos, como se fossem únicos, saboreio a vida e tudo de bom o que ela me pode dar...

Hoje sou livre e sou mais mulher!!!

terça-feira, 3 de março de 2015

Gosto..

- Gosto de começar tudo de novo, novas oportunidades, mudanças, novas aprendizagens

- Gosto de momentos, inesquecíveis
e eternos

- Gosto de comer e cozinhar

- Gosto de doces e guloseimas

- Gosto de praia, sol e mar

- Gosto de música

- Gosto de cantar

- Gosto de ir ao passear e ir ao cinema com o meu filho só pelo facto de o ver feliz

- Gosto do sorriso do meu filho e de estar com ele

- Gosto de coisas de gajas: arranjar-me, produzir-me, de me pôr bonita

- Gosto de ser amada e desejada

- Gosto de ser mulher

- Gosto de rir e sorrir e de pessoas que me fazem rir








segunda-feira, 2 de março de 2015

domingo, 1 de março de 2015

Ilusões

Muitas vezes ansiamos tanto por uma coisa que pensamos que é o melhor para nós, lutamos, fazemos sacrifícios, e quando temos o que tanto ansiávamos deparamo-nos que afinal não estamos satisfeitos, que afinal não é aquilo que queremos!!! Porquê??? Porque nunca estamos satisfeitos?? Realmente o ser humano é um ser tão estranho e sempre tão insatisfeito!!!

Nem sempre o que nos parece certo pode realmente ser!!!! Permanece sempre um vazio!

Quando decidi arranjar uma casa para mim e para o meu filho, julguei que fosse a melhor opção para nós, termos o nosso canto, o nosso espaço, a nossa vida, mas depois sinto um vazio, que falta algo! Aquele vazio que algo podia ser melhor, aquele vazio que fazemos tantos sacrifícios, que questionamos se é a decisão certa, que parece que não chega, que estamos sozinhos no mundo!!!